O Projecto
CIEJD
Jogos
Postais
Quizz
Contacte-nos

WebForm1

Konrad Adenauer (1876-1967)

O primeiro Chanceler da República Federal Alemã, que se manteve à frente dos destinos deste Estado recentemente formado entre 1949 e 1963, contribuiu, mais do que qualquer outra personalidade, para alterar a face da Alemanha e a história da Europa do pós-guerra.

Como muitos outros políticos da sua geração, Adenauer já tinha compreendido depois da Primeira Guerra Mundial que a paz duradoura apenas poderia ser alcançada através da união da Europa. A sua experiência sob o Terceiro Reich (foi destituído das suas funções de burgomestre de Colónia pelos nazis) vieram confirmar esta opinião.

Em apenas seis anos, entre 1949 e 1955, Adenauer pôs em prática iniciativas de política externa de grande alcance com o objectivo de vincular a Alemanha à aliança ocidental: a adesão ao Conselho da Europa (1951), a fundação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (1952) e a entrada da Alemanha na NATO (1955).

Um marco fundamental da política externa de Adenauer foi a reconciliação com a França. Juntamente com o Presidente francês Charles de Gaulle, realizou um feito histórico: em 1963, a Alemanha e a França, antigos arqui-inimigos, assinaram um tratado de amizade que veio a tornar-se um marco no processo de integração europeia.

Saber mais:
Fundação Konrad Adenauer
História do Século XX



Fonte: Olá Europa, Comissão Europeia, 2000.
 



Ficha Técnica |  Condições de Uso | Privacidade

Web Design e Content Management Tool por Webdote.com